América Latina

Perspectivas constituintes sobre o Econômico na Nova Constituição do Chile – Roda de Conversa

  Coloquio (Conversatorio) “Miradas Constituyentes sobre lo Económico en la Nueva Constitución” Data/hora: quinta 4 de novembro, 19:30 a 21:00 hrs. Iniciativa “O econômico na nova constituição, de e para os povos do Chile” (8 de outubro de 2021)   Iniciativa “O econômico na nova constituição, de e para os povos do Chile” (8 de outubro de 2021) A demanda popular por uma Nova Constituição e o apelo à instalação de uma Assembleia Constituinte livre e soberana começaram a tomar forma quase ao mesmo tempo que a ditadura cívico-militar ditava a Constituição de 1980, que tem regido os nossos destinos em nas últimas quatro décadas, com uma série de pequenas reformas. A eclosão social de outubro de 2019 é em grande parte uma extensão dessa demanda popular e sua convergência decisiva com múltiplas lutas setoriais, o que por sua vez marca uma mudança significativa no desenvolvimento da consciência social e nos níveis ainda fragmentários de organização social para transformar a sociedade herdada da ditadura e administrada nas últimas três décadas por governos em um binômio chave (social-democracia e direito). Neste quadro, a Convenção Constitucional é um espaço de disputa política e ideológica que não pode se fechar sobre si mesma,…
Leer más/Ler mais
Capítulo Chile em Português

Olhares a partir do social sobre o econômico na nova Constituição do Chile

No marco da Iniciativa "O Econômico na Nova Constituição, desde e para os povos do Chile", convocamos a participação na discussão: Colóquio (Conversa) “Olhares de organizações sócio-políticas sobre o Econômico na Nova Constituição ” Data: quarta-feira, 27, das 19h30 às 21h Participantes: Carlos González-Carrasco (EcoHumanas), Cristian Cuevas (Porta-voz Nacional da Frente Unitária dos Trabalhadores-FUT), Francisca Rubio (8M-Concepción), Luis Mesina (NO + AFP)
Leer más/Ler mais
América Latina

O econômico na Constituição do Estado Plurinacional da Bolívia: lições para o Chile

Juntamente com diversos movimentos sociais, lembremos que a Nova Constituição não só mudará o modelo econômico neoliberal, mas também permitirá que povos e territórios definam como querem viver e como a economia é central. Hoje acontecerá a segunda atividade totalmente aberta do ciclo "O econômico na nova Constituição, desde e para os povos do Chile" O tema será "A economia na Constituição do Estado Plurinacional da Bolívia: Lições para o Chile" Apresentará a economista Ana Teresa Morales, que foi Ministra de Desenvolvimento Produtivo e Economia Plural da Bolívia entre 2011 e 2015, e Diretora da Unidade de Investigações Financeiras entre 2018 e 2019 (mais de sua biografia pode ser vista na wikipedia). Comentários do vice-presidente suplente da SEPLA, prof. Dr. Julio Gambina (Argentina). Será possível acompanhar pela página do facebook da Unidade Social, além das redes da SEPLA: Youtube , facebook ou página   Avante com a #ConvencionConstitucional #asambleapopularconstituyente #apc #nuevaconstitucion #FinAlNeoliberalismo #FimAoNeoliberalismo
Leer más/Ler mais
12